6 dicas do homem mais rico do mundo Jeff Bezos

null

Jeff Bezos é o homem que tem o maior patrimônio acumulado no mundo. A fortuna dele é de aproximadamente US$ 189 bilhões. Mas como Bezos, hoje com 56 anos, conseguiu tanto dinheiro?

Bem, sua história de vida é interessante e conta com uma jogada ousada. Ele se formou na universidade de Princeton, nos Estados Unidos, e começou a carreira numa fintech chamada Fitel na década de 1980. Em 1988, foi trabalhar no banco Bankers Trust e, em seguida, no D. E. Shaw & Co. Em todas as empresas, teve uma ascensão rápida. No último emprego, chegou à posição de vice-presidente sênior com apenas 30 anos de idade.

A VIRADA DE BEZOS

Em 1993, ainda no início da internet, decidiu largar o emprego embora tivesse uma posição privilegiada na empresa. Bezos queria colocar em prática uma ideia na qual acreditava: criar uma livraria online. Inicialmente, ela se chamava Cadabra, mas logo mudou para Amazon, que é o nome em inglês do Amazonas, o rio localizado na nossa Amazônia brasileira.

Hoje, 27 anos depois, Bezos colhe os frutos de sua ousada iniciativa empreendedora. É o homem mais rico do planeta segundo praticamente todos os rankings que existem em 2020, como os do site How Much e, principalmente, o da revista Forbes. Deixou para trás bilionários famosos, como Bill Gates, Warren Buffett e Carlos Slim.

CONSELHOS DE BEZOS

Levantamos seis conselhos de Bezos para você, que empreende ou pretende empreender.

1. Tenha poucos funcionários que sejam confiáveis
Bezos recomenda que você não contrate gente demais para a sua empresa e que foque mais na qualidade do que na quantidade. “A vida é curta demais para lidar com pessoas que não têm expediente, que não são engenhosas”, diz ele. “Prefiro entrevistar 50 pessoas e não contratar ninguém a contratar a pessoa errada.”

2. Foque nos objetivos
Se há algo em comum entre empreendedores de sucesso, é o foco. Eles sabem o que querem — e correm atrás. Isso vale, inclusive, para uma empresa como a de Bezos, que atua em várias frentes, com e-commerce, mídia, serviços de tecnologia e muito mais. “Se você decidir que vai fazer apenas as coisas que sabe fazer e que vão funcionar, vai deixar muitas oportunidades em jogo.”

3. Pense no seu futuro
É claro que a vida é aqui e agora, como dizem muitas pessoas. Mas você precisa se planejar para o futuro. A própria trajetória de Bezos, que contamos no início do post, mostra isso. “O que precisamos fazer é sempre olhar para o futuro. Quando o mundo muda ao seu redor — e quando muda contra você —, o que antes era um vento de cauda agora é um vento de frente. Você tem de se debruçar sobre isso e descobrir o que fazer porque reclamar não é uma estratégia.”

4. Arrisque-se
Bezos tem moral para recomendar que as pessoas se arrisquem. Ele largou um emprego como vice-presidente de um banco e foi criar uma livraria online quando a internet mal existia. “Se você for bom em corrigir o curso das coisas, errar pode custar menos do que você pensa. Considere que ser lento vai certamente custar caro.”

5. Vá atrás de algo novo
Pelo mesmo motivo do tópico anterior, Bezos tem moral para sugerir que as pessoas inovem. Uma livraria online em 1993 era algo novo. Serviços lançados pela empresa dele nos últimos anos também pareciam muito à frente do tempo, como o smart speaker, por exemplo. “O que é perigoso é não evoluir, não inventar, não melhorar a experiência do cliente.”

6. Sua reputação importa
Por fim, a dica de Bezos é: preocupe-se com a imagem da sua empresa. Ela tem importância, sim, especialmente nesta era de redes sociais. “Uma marca para uma empresa é como uma reputação para uma pessoa. Você ganha reputação tentando fazer direito as coisas difíceis.”

Via bancopan

Deixe uma resposta