Conheça os 10 homens mais ricos do Brasil em 2020

Mesmo com a crise causada pelo Covid-19 neste ano, a fortuna de alguns brasileiros só cresceu, graças às estratégias e investimentos realizados por eles. Neste artigo você vai conferir quem são os 10 homens mais ricos do Brasil em 2020 e como conquistaram esse montante.

O ranking foi publicado pela revista Forbes em setembro deste ano. A lista traz 238 nomes com fortunas oriundas de empreendimentos nos setores de bens de consumo, seguros, infraestrutura e logística, farmácias, aviação e transporte, educação e tecnologia, entre outros.

10 homens mais ricos do Brasil

1. Joseph Safra
O homem mais rico do Brasil em 2020, na verdade, nasceu em Beirute, no Líbano, mas reside no nosso país há algum tempo.

Joseph é o atual herdeiro do Banco Safra, que hoje a quarta maior instituição financeira privada do país. Seu patrimônio é de R$ 119,08 bilhões, o que o levou para a primeira posição do ranking da Forbes.

null

2. Jorge Paulo Lemann
O economista e empresário Jorge Paulo Lemann, natural do Rio de Janeiro, ocupa o segundo lugar na lista dos homens mais ricos do Brasil em 2020, com patrimônio avaliado em R$ 90 bilhões.

Ele ergueu seu império ao fundar o Banco Garantia e aumentou sua fortuna investindo em ações de empresas, como: Lojas Americanas, Brahma, Telemar, Gafisa e ALL.

Além disso, Jorge também criou o fundo 3G Capital e comprou as redes Burger King, Tim Hortons, Popeyes e Heinz.

3. Eduardo Saverin
Eduardo Sanverin é um jovem empresário de apenas 37 que já acumulou uma fortuna de R$ 68,12 bilhões em 2020.

Ele é um dos criadores do Facebook, junto com Mark Zuckerberg. Eduardo ficou conhecido mundialmente após o lançamento do filme “A Rede Social”, que conta a conturbada história da criação do Facebook e do relacionamento de Zuckerberg com os outros fundadores da empresa.

4. Marcel Herrmann Telles
O economista Marcel Herrmann Telles, formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é o quarto homem mais rico do Brasil, com patrimônio de R$ 54,8 bilhões.

Atualmente, Telles é sócio da 3G Capital, fundo que investe em empresas americanas. Mas, sua fortuna foi conquistada na cervejaria Brahma.

Além disso, ele é o fundador da ONG Ismart, que fornece bolsas de estudo para estudantes de baixa renda em escolas particulares de primeira linha, além de apoiar a Fundação Estudar, que concede bolsas nas melhores universidades do mundo para jovens talentosos.

5. Carlos Alberto Sicupira
Mais conhecido como Beto, Carlos Alberto Sicupira é um empresário nascido no Rio de Janeiro, que começou a trabalhar ainda adolescente, em um negócio de carros usados.

Em 1973, foi contratado pelo Banco Garantia, no qual é sócio e conseguiu acumular uma fortuna de R$ 42,64 bilhões ao lado de Marcel Telles e Jorge Paulo Lemann, outros dois bilionários desse ranking.

6. Alexandre Behring
O executivo Alexandre Behring, de 53 anos, estreou no Top 10 homens mais ricos do Brasil em 2020 com uma fortuna avaliada em R$ 34,32 bilhões.

Ele também é um dos sócios do 3G Capital, junto com os empresários Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, com quem trabalha desde a década de 1990.

Além disso, Behring trabalha como presidente do conselho de administração da Kraft Heiz, e um dos sócios das redes Burger King e Tim Hortons.

7. André Esteves
Formado em Ciências da Computação e Matemática, André Esteves é natural do Rio de Janeiro e está em sétimo lugar no ranking dos mais ricos do Brasil. Ele é o fundador do banco de investimentos BTG Pactual, um dos maiores do país. Sua fortuna em 2020 é avaliada R$ 24,96 bilhões.

8. Luiza Trajano
Entre a lista dos dez maiores bilionários do país em 2020 não poderia faltar uma mulher. Aos 69 anos, a paulista Luiza Trajano é inspiração para empreendedores do país inteiro, especialmente para as mulheres.

Ela é a maior acionista e atual presidente do Conselho de Administração da Magazine Luiza, que se destacou, e muito, durante a pandemia. Com isso, Luiza conquistou um patrimônio avaliado em R$ 24 bilhões.

9. Ilson Mateus
Ilson Mateus é um empresário natural do estado do Maranhão que acumulou um patrimônio de R$ 20 bilhões em 2020. Ele é dono do Grupo Mateus (varejo), que apesar de pouco conhecido em algumas regiões, encabeça um dos maiores conglomerados do Norte e Nordeste do país.

10. Luciano Hang
Luciano Hang é o fundador e dono das Lojas Havan, uma das maiores no setor de varejo do país. Sua fortuna em 2020 é avaliada em R$ 18,72 bilhões.

O empresário chegou à marca de 147 lojas no Brasil e, inclusive, ficou conhecido por várias polêmicas envolvendo seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro e já foi acusado de contrabando e de sonegar impostos.

Ao contrário do sucesso do Magazine Luiza na pandemia, a Havan perdeu muitos clientes por falta de investimento no setor de compras online. Mas isso não impediu que Luciano entrasse para o ranking dos mais ricos do Brasil em 2020.

via Foregon

Deixe uma resposta