HP está comprando HyperX por US$ 425 milhões

A Hewlett-Packard, popularmente conhecida por HP, fechou as negociações para a compra da HyperX, marca de periféricos gamers antes pertencente a Kingston Technology.

Conforme informado pelo The Verge, o acordo foi fechado em US$ 425 milhões (cerca de R$ 2,3 bilhões) e é um grande passo para a fabricante de notebooks e computadores no mercado gamer. Apesar da compra, a Kingston manterá a propriedade de linhas de memória RAM, flash, e SSD. Desta forma, a HP fica responsável pelos teclados, mouses, fones de ouvido e microfones da HyperX.

Esta não é a primeira tentativa da empresa de conseguir ganhar uma parcela maior deste público. A HP é dona da marca Omen, que também traz periféricos, computadores e acessórios com foco em jogadores. No entanto, concorrentes como Logitech, Razer, Corsair conseguiram mais destaque nos últimos anos, o que exigiu uma nova estratégia.

null

Sobre a aquisição, o CEO da HP, Enrique lores, comentou que a HyperX é líder em periféricos em todo o mundo e que a nova empresa mãe está entusiasmada em dar boas-vindas à equipe nova. Também reforçou que a Hewlett-Packard continuará com os avanços em computação e que a empresa vê oportunidades significativas no mercado de periféricos. Para ele, a adição da HyperX ao portfólio vai gerar novas fontes de inovação e crescimento para o negócio.

Vale ressaltar que apenas parte do acordo foi fechado, este tipo de negociação precisa ainda de uma aprovação regulatória, etapa que deve ser concluída no segundo quarto de 2021.

Ainda que possa demorar um pouco mais para o acerto, o investimento parece ter vindo em boa hora. Com a pandemia, segundo o grupo de pesquisas IDC, o mercado de computadores apresentou crescimento de 13% e apresenta alta na venda de componentes para PC. Segundo a HP, a indústria de hardware para PC está estimada a movimentar cerca de US$ 70 bilhões até 2023. Já o mercado de periféricos atingiria US$ 12,2 bilhões até 2023, de acordo com as previsões.

Via: Voxel

Deixe um comentário