Quais são as principais Bolsas de valores do mundo?

Você já parou para se perguntar quais são as principais bolsas de valores do mundo? Quem está acostumado com o mercado financeiro sabe da importância de estar bem informado, principalmente, sobre o cenário internacional.

Isso porque os acontecimentos no mundo podem impactar o mercado de forma direta ou indireta. O que consequentemente pode ter resultado positivo ou negativo na bolsa de valores e nos seus investimentos.

Além disso, estar bem informado sobre outros países te ajuda nas previsões do mercado brasileiro. O que possibilita que o trades encontre as melhores aplicações e que se proteja da instabilidade do mercado.

Aprenda a identificar as grandes bolsas de valores

Mas o que faz uma bolsa de valores ser considerada a maior? Simples, elas acumulam pontos de acordo com o tempo de fundação. Também é levado em consideração o total de empresas participantes, capitalização de mercado, entre outros.

Também existem outros critérios para definir a posição da bolsa em relação às outras. Confira quais são os principais aspectos levados em consideração:

• Número de transações realizadas durante o ano;

• Volume de transações realizadas durante o ano;

• Valor de mercado da bolsa;

• Quantidade de empresas que estão listadas;

• O tempo de existência.

Conheça as principais bolsas de valores do mundo

1. New York Stock Exchange
A bolsa de valores de New York, conhecida como NYSE, é a maior bolsa de valores do mundo. Para se ter uma ideia, o somatório do valor das empresas que são negociadas na bolsa supera os 19 trilhões de dólares.

As maiores empresas negociadas nessa bolsa são Apple, Amazon.com, Microsoft Corporation e Facebook.

A bolsa de valores de New York surgiu em maio de 1972, quando 24 corretores assinaram o Buttonwood Agreement, estabelecendo taxas e preferências de negociação de capitais entre eles.

2. Nasdaq Stock Market
A Nasdaq foi fundada em 1971 e é considerada uma das principais evoluções do mercado de capitais americano. Isso porque muitas empresas que pertencem à nova Economia estão nela.

Ela reúne várias grandes companhias de tecnologia, telecomunicações, biotecnologia, eletrônica e outras. Ela pertence ao conglomerado NASDAQ OMX Group – que ainda controla outras oito bolsas de países nórdicos da Europa.

A Nasdaq conta com mais de 7 trilhões de dólares em valor de mercado, em 47 anos de mercado. Ela já conta com 3 mil empresas listadas.

Das empresas americanas mais conhecidas que estão englobadas na Nasdaq, podem ser citadas: Apple, Starbucks, Netflix, EBay e Google.

3. Bolsa de Valores de Londres (LSE)
A Bolsa de Valores de Londres (LSE) já conta com cerca de 6 trilhões de dólares em valor de mercado, em mais de 200 anos de existência. Ela é a principal bolsa do Reino Unido, composta por ações das maiores empresas britânicas.

Dentre as companhias mais importantes na LSE, podem ser citadas: HSBC, Unilever, Royal Dutch Shell; Royal Bank of Scotland; British Energy; British American Tobacco.

4. Tokyo Stock Exchange (TSE)
Primeira bolsa do mundo a abrir diariamente, a TSE é considerada uma das primeiras do setor, passando por uma fusão com o mercado de ações de Osaka, em 2012. A partir daí, surgiu o Japan Exchange Group.

Ela já está com 5 trilhões de dólares em valor de mercado, em seus 140 anos de existência. Com mais de 2 mil empresas na lista, os destaques são Toyota, Honda e Mitsubishi.

5. B3
A B3 é uma bolsa de brasileira que surgiu na década de 1890, em São Paulo. No entanto, em 2009 foi quando ela passou por uma grande mudança. A chamada BM&FBovespa teve seu pregão deixado de ser viva-voz para ser totalmente eletrônico.

Com isso, novas tecnologias entraram no país e o volume de transações da nossa bolsa aumentaram. Diante disso, novas empresas abriram seu capital.

São mais de 820 bilhões de dólares em valor de mercado, em seus 128 anos de existência. São mais de 400 empresas listadas, se destacando: Vale, Petrobras, Itaú, Ambev, Bradesco e Cielo.

Via: FinanceOne

Deixe uma resposta