Técnico turco consegue juntar coleção de 1 mil celulares antigos

null

As inovações tecnológicas se sucedem numa velocidade tão intensa, que aparelhos que usamos há poucos anos encontram-se totalmente obsoletos. No caso dos celulares, a situação é dramática. Lançados em 1994, esses “amigos inseparáveis” foram totalmente substituídos pelos smartphones há pouco mais de dez anos.

Se uma criança de hoje ver um celular daqueles que antecederam os aparelhos atuais, provavelmente nem saberá do que se trata, ao se deparar com todas aquelas teclas e botões. Mas nós, que nos encantamos com aquelas invenções fantásticas, ainda podemos encará-las com um misto de saudosismo e admiração.

Um técnico de telefonia, o turco Sehabettin Ozcelik levou essa admiração ao extremo, ao conseguir juntar uma coleção de celulares antigos composta por mais de mil modelos, inclusive alguns clássicos como o Nokia 3310, do ano 2000, e o Motorola Razr V3 com flip de 2004.

Como acumular 2 mil celulares
null

Ozcelik explicou à agência turca Anadolu que começou a coleção porque tem interesse por celulares e porque sabia que, bem rapidamente, todos estariam desatualizados e seriam uma espécie de relíquia. Ele garante que todos os seus aparelhos funcionam normalmente, embora não sejam mais fabricados.

Sehabettin Ozcelik mantém a variada coleção na sua casa, dentro de uma Van, onde chegou a acumular 2 mil celulares diferentes, mas ladrões invadiram a residência e fizeram uma “limpa”, levando mais de 700 portáteis.

Embora Ozcelik receba diversas ofertas de colecionadores interessados em comprar os modelos mais raros, ele recusa-se sempre a vender. Diz que, como deu muito trabalho mantê-los funcionando, “quero mantê-los nas melhores condições, tanto quanto possível ”, afirma orgulhoso.

via megacurioso

Deixe uma resposta