Você sabe o que é Simei? Descubra agora mesmo

Para quem não conhece, o Simei é o sistema utilizado para o recolhimento de valores fixos mensais dos tributos devidos pelo Microempreendedor Individual (MEI).

Os pagamentos correspondem a 5% do salário mínimo à Previdência Social, além de R$ 5 ao Imposto sobre Serviços (ISS) e de R$ 1 para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), caso a pessoa seja contribuinte destes impostos.

Todo MEI deve realizar a emissão do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) para realizar esse pagamento. Além disso, é necessário que o profissional esteja em dia com a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional, mais conhecida como DASN-Simei.

Para que o micro empreendedor possa se enquadrar no Simei, ele precisa realizar um cadastro no portal do Simples Nacional, no mês de janeiro, na seção chamada “Solicitação de Enquadramento no Simei”.

O que é DASN-Simei?

A Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN) é responsável por reunir todos os valores fixos pagos durante o ano e o faturamento obtido pelo Microempreendedor Individual.

Esse documento é obrigatório e deve ser entregue até o dia 31 d maio de cada ano-calendário das atividades do MEI. Portanto, para que ele consiga manter suas obrigações em dia, é ideal que o profissional use o relatório durante o ano todo.

Como fazer o DASN-Simei?

No Portal do Empreendedor, o profissional deve preencher a DASN. É possível acessá-lo por meio do CNPJ até o dia 31 de maio.

Caso o MEI não entregue a declaração no prazo determinado, ele deve ser multado. O valor da multa mínima é de R$ 50 ou entre 2% a 20% dos tributos declarados.

É importante ressaltar que o MEI que está encerrando as suas atividades precisa fazer uma DASN de extinção.

Via: Foregon

Deixe um comentário